Física: Geofísica

Guia do Estudante Abril - Física 4 estrelasApresentação

O Curso tem como objetivo geral formar profissionais que, apoiados em uma base sólida e atualizada de conhecimentos em física e em matemática, sejam capazes de abordar e tratar problemas na busca de novas formas de conhecimento científico ou tecnológico, com uma atitude investigativa, interdisciplinar, empreendedora e de respeito aos valores éticos e ao meio ambiente.

Do ponto de vista estrutural, o projeto pedagógico do curso propõe uma formação ao mesmo tempo ampla e flexível, que busca desenvolver habilidades e conhecimentos necessários às expectativas atuais do mercado de trabalho, com capacidade de adequação a diferentes perspectivas de atuação futura.

O curso aborda temas relativos à física clássica, moderna e contemporânea, em um enfoque teórico-experimental, dedicando-se à conexão entre a física e a geologia. O curso possui disciplinas que desenvolvem competências para a formação de um profissional com perfil pesquisador e interdisciplinar.

As principais disciplinas abrangem os conteúdos relativos a estrutura dinâmica da Terra, sedimentologia e ambientes de sedimentação, propriedades físicas das rochas, topografia, tectônica e bacias sedimentares, hidrologia aplicada, aerofotogrametria, cartografia, sensoriamento remoto, sismoestratigrafia e estratigrafia de sequências, métodos sísmicos, perfilagem de poços, métodos eletromagnéticos e potenciais, sistemas de informações geográficas e processamento de imagens. São realizadas saídas de campo para aplicação dos métodos geofísicos estudados em sala de aula.

O profissional formado tem sua atuação principal em empresas de prospecção de minérios e hidrocarbonetos, para avaliação e prevenção de desastres ambientais, busca de reservatórios de água e desenvolvimento de formas não convencionais de geração de energia; em institutos de pesquisa focados na compreensão dos fenômenos físicos que ocorrem na subsuperfície do Planeta e em suas vizinhanças. Concursos públicos contratam bacharéis em física em empresas estatais.

Os estudos podem ser continuados em nível de pós-graduação nas áreas da própria física, da engenharia e da geologia, entre outras. O bacharel em física pode desenvolver pesquisa em geofísica e outras áreas que envolvem energias convencionais e alternativas, nanociências, novos materiais, instrumentação e muitas outras.

 

Coordenação do curso

Cassio Stein Moura


Curso de Física

Currículo

Decreto de Reconhecimento: Portaria nº 511 (D.O.U. 13/05/2010)
Currículo Mínimo: 2940h
Duração Mínima: 4 anos (8 semestres)

SEM COD Disciplina CH
1 42240-04 Astronomia 60
1 4115M-04 Cálculo Diferencial e Integral I 60
1 4116F-02 Geometria Analítica 30
1 42227-02 Seminários de Física 30
1 42214-04 Tópicos de Física Clássica 60
1 42219-04 Tópicos de Física Contemporânea 60
2 4115N-04 Cálculo Diferencial e Integral II 60
2 4115P-02 Cálculo Diferencial e Integral III 30
2 42258-04 Fluídos e Termodinâmica 60
2 4223A-06 Mecânica Clássica I 90
2 4311P-04 Química Geral 60
2 15091-04 Ética e Filosofia da Ciência 60
3 4621L-04 Computação e Solução de Problemas I 60
3 4115R-04 Cálculo Diferencial e Integral IV 60
3 4222R-06 Eletricidade e Magnetismo 90
3 1532V-04 Estruturas Geológicas 60
3 42228-02 Pesquisa em Física I 30
3 4221F-01 Trabalho de Campo A 15
3 4222C-04 Óptica e Ondas 60
4 1531H-04 Cartografia 60
4 4115T-04 Equac. Diferenc. e Transformadas Integrais 60
4 4220R-06 Física Moderna 90
4 4222B-04 Mecânica Clássica II 60
4 42229-02 Pesquisa em Física II 30
4 4115S-02 Álgebra Matricial 30
5 4221E-06 Física Quântica 90
5 11521-04 Humanismo e Cultura Religiosa 60
5 4222D-04 Instrumentação e Medidas 60
5 4222E-02 Pesquisa em Física III 30
5 4222X-02 Sedimentologia e Ambientes de Sedimentação 30
5 4222T-02 Tectônica e Bacias Sedimentares 30
5 42278-04 Teoria Eletromagnética 60
6 1531X-04 Aerofotogrametria 60
6 42259-12 Disciplina Eletiva 180
6 4222H-04 Física Nuclear e de Partículas 60
6 4222F-04 Física Teórica e Computacional 60
6 4422A-04 Hidrologia Aplicada 60
6 4222A-02 Teoria da Relatividade 30
6 42288-04 Termodinâmica 60
7 42262-04 Física do Estado Sólido 60
7 42292-02 Mecânica Estatística 30
7 42243-04 Origens e Desenvolvimento da Física 60
7 15389-04 Sensoriamento Remoto 60
7 4222V-02 Sismoestratigrafia e Estratigrafia de Sequências 30
7 44277-04 Topografia A 60
8 422XX-00 Atividades Complementares (120h) 120
8 4221L-02 Geofísica Aplicada 30
8 4221K-02 Métodos Eletromagnéticos e Potenciais 30
8 4221H-04 Métodos Sísmicos 60
8 4221J-02 Perfilagem de Poços 30
8 4221P-02 Processamento Digital de Imagens 30
8 4221M-02 Propriedades Físicas das Rochas 30
8 1532H-04 Sistemas de Informações Geográficas 60
8 4221G-01 Trabalho de Campo B 15

Como ingressar

Para iniciar o Curso de Geofísica é necessário realizar o Concurso Vestibular da PUCRS, edição de verão.

A PUCRS oferece também a possibilidade de ingresso extravestibular nos cursos de graduação através de transferência, ingresso de diplomado e reopção.

 

Perguntas frequentes sobre o curso

O que é a Geofísica?
Geofísica é a área do conhecimento multidisciplinar que estuda a Terra do ponto de vista da física. Seu objeto de estudo engloba todos os fenômenos relacionados com a estrutura, condições físicas e história evolutiva da Terra. É uma área que exige sólidos conhecimentos matemáticos e físicos de fenômenos como reflexão e refração de ondas mecânicas e uma série de métodos baseados em medidas de campos gravitacionais e eletromagnéticos. Em alguns métodos são aproveitados os fenômenos naturais (gravidade, magnetismo terrestre, marés, terremotos, tsunamis etc.) para gerar dados e, em outros, os dados são produzidos por fenômenos induzidos pelo ser humano (campos elétricos e fenômenos sísmicos). Esses dados poderão levar à localização de minerais, hidrocarbonetos, reservatórios geotérmicos, reservatórios de água subterrânea e outras estruturas geológicas de interesse. Também fazem uso de técnicas geofísicas a engenharia civil (detecção de encanamentos subterrâneos, análise de solos para construção, mapeamento topográfico, impacto ambiental), a arqueologia (detecção de artefatos enterrados, de navios afundados e de ruínas), a criminalística (detecção de cemitérios clandestinos).
A fronteira entre a geofísica e a geologia é bastante tênue. Por um lado, a geologia busca estudar a Terra através de observações diretas de rochas que estão expostas na superfície ou de amostras retiradas de poços cuja análise busca determinar a estrutura, composição e história geológica da região de estudo. A geofísica, por outro lado, envolve o estudo de regiões da Terra que são inacessíveis à observação direta, caracterizando-se como uma ciência experimental. Pode-se dividir o método geofísico em três etapas: aquisição dos dados (que envolve o uso de instrumentos baseados em leis físicas), processamento (que envolve o uso de algoritmos matemáticos resolvidos em computadores de alto desempenho) e interpretação (que requer conhecimentos de geologia).

O que faz um geofísico?
O geofísico deve desenvolver competências específicas de físico-interdisciplinar, tais como: elaborar projetos de pesquisa multi e interdisciplinares; desenvolver metodologias científicas no tratamento de problemas; administrar e organizar equipes de trabalho; identificar e avaliar os parâmetros físicos relevantes para a detecção, processamento e análise de sinais e imagens; elaborar projetos para instalação de equipamentos de coleta de dados de fenômenos naturais e artificiais; realizar e acompanhar rotinas de aquisição de dados em situações no continente e no mar, envolvendo técnicas de gravimetria, sismologia, geomagnetismo, propriedades mecânicas, ópticas e isotópicas de rochas e sedimentos; desenvolver estudos em oceanologia, climatologia, meteorologia, aeronomia, vulcanologia e nas relações Sol-Terra; descrever os movimentos das placas tectônicas e buscar prever desastres naturais como terremotos, erupções e tsunamis; auxiliar engenheiros em projetos de engenharia geofísica. É crescente a demanda de físicos na indústria extrativa, principalmente na área de óleo e gás.

Onde o geofísico trabalha?
Existe uma carência muito grande deste profissional no Brasil e no Mundo. O nosso país vive um momento especial de grandes investimentos na área de petróleo e gás. Salienta-se a Petrobras, mas existem outras empresas que atuam nessa área tanto nacionais, tais como, Queiroz-Galvão, HRT, OGX, Georadar e estrangeiras, como Exxon, Shell, British Petroleum, British Gas, Statoil, Repsol, ENI, Schlumberger, Halliburton, Fugro, PGS, CGG entre outras.
Na área de mineração temos como exemplo de grandes empresas brasileiras a Vale do Rio Doce e a Votorantin.
O advento de políticas ambientalmente corretas tem incentivado o investimento na área de proteção ao meio ambiente pelos órgãos governamentais. O Geofísico tem o papel de analisar a ocorrência de poluição no solo ou em águas subterrâneas.

Em que áreas de pesquisa um geofísico pode atuar?
A geofísica interna estuda a superfície e o interior da Terra e suas principais subdivisões são: gravimetria, sismologia, geomagnetismo, oceanologia, paleomagnetismo, geotermia, geodinâmica, prospecção geofísica, engenharia geofísica, tectonofísica e vulcanologia. A geofísica externa estuda as propriedades físicas das vizinhanças da Terra e suas principais subdivisões são: climatologia, meteorologia, aeronomia, estudo da ionosfera e magnetosfera, relações Sol-Terra. O geofísico também pode desenvolver pesquisa na exogeologia que é o estudo geológico de outros planetas e luas.

Qual o diferencial das aulas para quem vier a se tornar nosso aluno? O que ele vai aprender aqui, de um modo geral?
O grande diferencial do nosso curso para os outros cursos de geofísica do País é o sólido conhecimento em matemática e física, que nos outros cursos limita-se apenas ao básico. Com isso, o nosso profissional poderá atuar com desenvoltura no desenvolvimento de novas tecnologias e não apenas no uso das já existentes.

Qual o salário de um geofísico?
A faixa salarial depende da experiência e área de atuação. Abaixo, fornecemos alguns valores publicados em editais de concursos públicos que servem de referência. Algumas empresas oferecem, além do salário, incentivos na forma de participação nos lucros.
Clique aqui para acessar os valores

Recente pesquisa de mercado por empresa especializada publicou os valores da faixa salarial de geofísico no país: CONSULTE A PESQUISA AQUI.

Qual a mensalidade do curso de Bacharelado em Física?
Todos os alunos do curso de Física, sejam do Bacharelado ou Licenciatura, têm um desconto de 40% em sua mensalidade. Para alunos diplomados pela PUCRS em qualquer outro curso de graduação, há um desconto adicional de 25%.

Que tipo de bolsas e estágios remunerados estão disponíveis?
Há bolsas de iniciação científica e tecnológica vinculadas a projetos de pesquisa, estágios na PUCRS para alunos de Física (Setor de Manutenção da FAFIS, Museu de Ciências, Tecnologia, LABELO, GIGA). Os valores das bolsas variam entre R$400,00 e R$700,00, para 20h a 30h semanais.

Qual o turno do curso?
O curso de Física é preferencialmente noturno, começando a partir das 17h35min, ou 19h30min; e aos sábados de manhã, em alguns semestres. É possível conciliar trabalho e estudo. Os alunos que cursam a linha de formação em Geofísica também podem cursar as disciplinas da Física Médica, assim como cursar disciplinas da licenciatura em Física e obter os dois diplomas. As saídas de campo são realizadas nos finais de semana.

Existe financiamento para pagamento do curso?
A PUCRS oferece modalidade de ingresso via PROUNI, o financiamento parcial das semestralidades pelo PROED (Programa de Crédito Educativo da PUCRS) e o financiamento de bolsas de estudo através do FIES (Programa de Financiamento Estudantil do Governo Federal). Maiores informações podem ser encontrados na página Incentivo à Educação no site da PUCRS.

Qual a duração do curso de Bacharelado em Física – Linha de Formação Geofísica?
O Bacharelado em Física na linha de formação em Geofísica tem duração total de 8 semestres.

Informações acadêmicas

Informações para os alunos do curso de graduação Física: Geofísica, clique para saber mais:

Classificação no Guia de Estudantes Abril      
Tipo de curso bacharelado
Modalidade presencial
Tempo de curso 8 semestres
Vestibular verão
Turno Noite

Vagas 60
Vagas Observações

A estrutura da grade de horários adotada pela Universidade define um tempo de duração da hora-aula nos turnos manhã e tarde (50min), diferente do turno da noite (45min), sendo o valor das mensalidades do curso o mesmo, independentemente do turno.