Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

UFRGS, PUCRS, Unisinos e Fiergs estão juntas pela inovação de Porto Alegre

Instituições e federação assinaram carta de cooperação da Aliança

13/08/2018 - 18h37
fiergs, Aliança para Inovação de Porto Alegre, pgqp, congresso internacional da gestão

Foto: Rodrigo W. Blum / Unisinos

Nesta segunda-feira, dia 13 de agosto, UFRGS, PUCRS e Unisinos e a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) assinaram carta de cooperação da Aliança para Inovação de Porto Alegre. O momento foi marcado por uma reunião-almoço com lideranças, durante o 19º Congresso Internacional da Gestão, promovido pelo Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade – PGQP.

Assinaram a carta de cooperação, os reitores das três instituições, juntamente com coordenador do Conselho de Inovação e Tecnologia CITEC/Fiergs, Daniel Randon. “Para nós, da Fiergs, é uma honra fazer esse papel de se aproximar das universidades, estarmos juntos e sermos inovadores. As organizações precisam conversar mais. A carta de cooperação é o início do trabalho e a indústria tem que se aproximar das universidades”, enfatizou Daniel.

A federação é umas das primeiras parceiras a formalizar um termo de cooperação com a Aliança. “Esta parceria com a Fiergs consolida a união dos esforços entre a academia e indústria para o desenvolvimento de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul”, afirmou o reitor da UFRGS, Rui Vicente Oppermann.

Para o reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, este é um fato altamente significativo “UFRGS, PUCRS, Unisinos construindo uma parceria estratégica com a Fiergs para alavancar a Aliança para a Inovação de Porto Alegre. Quem ganha é a cidadania”, destacou.

A articulação entre as universidades e a Fiergs visa promover ações em prol de um ambiente melhor de inovação na cidade de Porto Alegre. Esse movimento de mudar a cidade, que teve início com as universidades, visa engajar outras instituições, poder público, empresas e associações.

“É de fundamental importância essa união entre as universidades e a indústria em prol do desenvolvimento do ecossistema de inovação da Capital, ampliando para o Estado do Rio Grande do Sul. Esta nova conexão com a Aliança ampliará as ações empreendedoras por meio da promoção de novos projetos concretos que poderão transformar o cenário gaúcho”, ressalta o reitor da PUCRS, Ir. Evilázio Teixeira.

 

fiergs, Aliança para Inovação de Porto Alegre, pgqp, congresso internacional da gestão

Foto: Rodrigo W. Blum / Unisinos

Conhecimento para transformar

Após a reunião-almoço, representantes das três universidades participaram de um painel durante o 19º Congresso Internacional da Gestão, no Teatro do SESI. Uma visão geral sobre a Aliança para Inovação de Porto Alegre foi apresentada durante o evento.

Para o pró-reitor de Pesquisa da UFRGS e coordenador executivo da Aliança para a Inovação de Porto Alegre, Luís Lamb, a iniciativa das universidades busca transformar conhecimento em desenvolvimento. “A Aliança quer transformar Porto Alegre numa referência do ambiente de inovação, conhecimento e empreendedorismo. Transformar Porto Alegre em uma cidade que seja novamente atraente e multiplicadora desses esforços que temos no Rio Grande do Sul em prol da nossa juventude”, afirmou.

O superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Audy, falou sobre o Pacto pela Inovação de Porto Alegre. “Esse Pacto está alicerçado na ideia de constituir uma mesa que reúna e agregue os atores do segmento público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil organizada. E em torno dessa mesa, pactue desafios e prioridades para a cidade, para a região. E que desses pactos derivem projetos que vão endereçar os desafios identificados e potencializar as soluções de forma mais clara”, explicou.

O encerramento do painel ficou por conta do pró-reitor Acadêmico e de Relações Internacionais da Unisinos, Alsones Balestrin, que falou sobre criação de conhecimento e inovação como um processo coletivo. “Precisamos estar todos dentro de um propósito comum, uma visão de longo prazo, trabalhando para que a Porto Alegre do futuro seja melhor do que a de hoje. E que consiga acolher os nossos empreendedores e ser um ambiente melhor para se viver e trabalhar”, finalizou.