Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Tendências do festival SXSW são apresentadas na Universidade

Arthur Gubert, Ramiro Martini e Kim Gesswein relataram experiências em Austin, nos EUA

04/04/2018 - 14h26
Highlights SXSW,Arthur Gubert,Ramiro Martini,Kim Gesswein,tendências,tendências,sxsw,rádio atlântida,Grupo 5TI,Grupo RBS,South by Southwest,Escola de Comunicação Artes e Design-Famecos

Foto: Bruno Todeschini

Ampliação da inteligência artificial, manipulação das emoções e a voz como instrumento de buscas no ambiente digital. Essas são algumas das tendências apresentadas no evento Highlights SXSW, ocorrido no Centro de Eventos da PUCRS, na terça-feira, 3 de abril. O comunicador Arthur Gubert, da Rádio Atlântida FM, o empreendedor Ramiro Martini, presidente do Grupo Cinco TI, e o professor e publicitário Kim Gesswein, da Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos, trouxeram novidades, impressões pessoais e dicas sobre como lidar com a avalanche de informações expostas no South by Southwest (SXSW), maior festival de criatividade do mundo, promovido em Austin, no Estado do Texas (EUA). A atividade foi aberta pelo diretor do Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc), Rafael Prikladnicki.

As tendências em comportamento e tecnologias foram expostas na fala de Gubert, que atua como head de Inovação do Grupo RBS. Em breve, teremos um “futuro sem telas”, assinalou. As telas, para fins de buscas, serão cada vez menos utilizadas, por meio smartphonesnotebooks ou outros dispositivos. A projeção apresentada no SXSW é de que, em 2020, 50% de todas essas pesquisas sejam feitas por voz, reconhecimento facial ou gestos. “A tecnologia estará cada vez mais a serviço da preguiça humana”, brincou o comunicador, lembrando que isso impactará nas soluções a serem pensadas por empresas para os usuários. De acordo com o radialista, essa tendência se consolidará, principalmente, por meio de assistentes pessoais digitais, como Siri (Apple), Cortana (Microsoft) ou Alexa (Amazon). O Google Home, por exemplo, alcançou a habilidade de “95% de compreensão das línguas humanas”, alertou.

Autoaprendizagem e experiências humanizadoras

Highlights SXSW,Arthur Gubert,Ramiro Martini,Kim Gesswein,tendências,tendências,sxsw,rádio atlântida,Grupo 5TI,Grupo RBS,South by Southwest,Escola de Comunicação Artes e Design-Famecos

Arthur Gubert / Foto: Bruno Todeschini

Outros aspectos ressaltados por Gubert no campo da tecnologia foram: a expansão da inteligência artificial, com a proposta de auxiliar nas rotinas pessoais; a multiplicação das “fake news” de forma proposital, por mais nociva que a prática de disseminação notícias falsas possa ser; a manipulação da emoção – como a indignação – pelos meios de comunicação, visando usos políticos e comerciais; a autoaprendizagem por tutoriais on-line, como vídeos no YouTube; e a distribuição disruptiva de produtos e serviços, com formas de entrega não restritas aos modos e logística usuais, aproximando mais as marcas dos clientes.

As relações humanas foram outro item da fala do apresentador da Rádio Atlântida. Entre as projeções, está a consolidação da diversidade no ambiente profissional, não importando o gênero ou a etnia, por exemplo; as experiências humanizadoras, ou mode human, incentivando emoções que as tecnologias não podem suprir, como contatos físicos com pessoas e animais; o consumo esclarecido e consciente, no qual o cliente se interessa por todas as etapas de produção do produto ou serviço adquirido; e a habilidade rir dos próprios erros e fraquezas, inclusive como um diferencial competitivo, no caso das empresas.

Um passeio por Austin

Highlights SXSW,Arthur Gubert,Ramiro Martini,Kim Gesswein,tendências,tendências,sxsw,rádio atlântida,Grupo 5TI,Grupo RBS,South by Southwest,Escola de Comunicação Artes e Design-Famecos

Ramiro Martini / Foto: Bruno Todeschini

As ruas, eventos, apresentações e interações vivenciadas na cidade de Austin, bem como e as inúmeras chances de negócios e contatos, foram o foco de Ramiro Martini durante seu relato aos cerca de 500 integrantes da plateia. “Criatividade vem da diversidade. Só somos criativos quando vemos coisas diferentes”, destacou ao descrever a importância de estar presente no SXSW, o qual definiu como uma “avalanche de inspiração”. Durante sua panorâmica do festival, mostrou como é comum ficar próximo de pessoas influentes das mais diversas áreas e países, todos disponíveis para conversar e conhecer novas oportunidades. “Eu nunca imaginei chegar perto de Barack Obama, mas ele esteve lá, falando com as pessoas” afirmou. Martini valorizou muito o fato de a delegação brasileira desse ano ter sido a segunda maior do evento, composta por 1.104 inscritos. “No próximo ano, vocês precisam ir para Austin”, incentivou.

Organizando as ideias

Terceiro a se apresentar, o professor Kim Gesswien, também diretor de Inovação na Paim Comunicação, concentrou-se em ajudar as pessoas a organizarem as ideias que surgem numa iniciativa tão rica em informações para, depois, colocarem em prática os aprendizados. “Participei muito mais do SXSW do que as vezes em que fui a Austin, de tanto que ouvi falar e pesquisei a respeito”, relatou. Para orientar a rotina de um visitante, ele mostrou metodologias simples, que incluem anotações em cadernos – com fotos na nuvem, a construção de uma matriz de prioridades, e uso de aplicativos gratuitos, como Evernote e Google Drive.

Highlights SXSW,Arthur Gubert,Ramiro Martini,Kim Gesswein,tendências,tendências,sxsw,rádio atlântida,Grupo 5TI,Grupo RBS,South by Southwest,Escola de Comunicação Artes e Design-Famecos

Kim Gesswein / Foto: Bruno Todeschini

“Após sairmos desse tipo de evento, precisamos criar a ‘lista do correr atrás’, aprendendo a enfrentar o fato de não termos como saber tudo. Depois, é legal fazer uma lista de boas perguntas e, por fim, criar metas e cronogramas viáveis”, explicou Gesswien. Por fim, afirmou que é necessário ter um banco de conhecimentos fácil de ser acessado e, acima de tudo, dividir as experiências com outras pessoas e empresas. Reforçou, ainda, a relação entre universidades e empresas como fator de sucesso e de multiplicação de boas ideias.

SXSW 2018

A última edição do South by Southwest (SXSW) reuniu profissionais de destaque de diferentes áreas. Estiveram presentes representantes da indústria da música, cinema, games e executivos de grandes empresas.

Entre os destaques, Spike Lee, um dos cineastas mais conhecidos e respeitados de Hollywood e Michael Dell, presidente, CEO e fundador da Dell Technologies. Também estiveram palestrando Arnold Schwarzenegger, ator e ex-governador da Califórnia, que falou sobre seus princípios para um governo efetivo, e Melinda Gates, co-fundadora da Fundação Bill e Melinda Gates, sendo que a executiva apareceu, em 2017, na terceira posição do ranking da Forbes das mulheres mais poderosas do mundo.