Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Tecnopuc é destaque de impacto social em iniciativa do ICE e da Anprotec

Parque ficou em 1º na categoria ativação do ecossistema em torno do tema negócios de impacto

01/11/2019 - 15h48
Portal Tecnopuc

Foto: Bruno Todeschini

O Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) conquistou o primeiro lugar na categoria Ativação do ecossistema em torno do tema negócios de impacto da chamada de boas práticas em incubação e aceleração de impacto, iniciativa promovida pelo Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) e pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec). A boa prática do Tecnopuc chama-se Impacto Social em Ambientes de Inovação: uma prática possível, e teve autoria de Gabriela Cardozo Ferreira, Cintia Becker e Larissa Martins Lehmen.

O Parque conquistou o prêmio de R$ 3 mil, além de uma viagem para que a equipe conheça o ecossistema de impacto da Inglaterra. De acordo com a líder de Impacto Social do Tecnopuc, Gabriela Ferreira, “o que foi avaliado foi justamente o processo de incluir a temática de impacto em um parque científico e tecnológico. As práticas e as estratégias que utilizamos para que esse tema esteja presente no ambiente de inovação”, esclarece.

Sobre o ICE

O Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) está dedicado ao fortalecimento do ecossistema de investimentos e negócios de impacto no Brasil. Um campo novo e uma agenda mobilizadora que engaja os fundadores e uma nova geração de associados do Instituto, conectando-os ao movimento global pelo impacto social e ambiental positivo e a atores que são fundamentais para seu desenvolvimento no País: investidores, gestores, públicos, líderes de grandes empresas, de institutos e fundações, acadêmicos, aceleradoras e incubadoras.

Anprotec

A Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) tem como propósito transformar o País em uma sociedade empreendedora por meio do fortalecimento de ecossistemas de inovação que promovam o desenvolvimento social, ambiental e econômico. A entidade reúne cerca de 370 associados, entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, aceleradoras, coworkings, instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades ligadas ao empreendedorismo e à inovação. Líder do movimento no Brasil, a associação atua por meio da promoção de atividades de capacitação, articulação de políticas públicas e geração e disseminação de conhecimentos.