Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Jogo da Gestante incentiva a adesão materna ao pré-natal

Projeto propõe ampliar o acompanhamento médico durante a gravidez e foi um dos destaques do Torneio Empreendedor 2019

11/02/2020 - 11h00
jogo da gestante,torneio empreendedor

Débora dos Santos durante apresentação no Torneio Empreendedor / Foto: Diego Furtado

Com o propósito de melhorar a qualidade de vida de mulheres durante a gravidez, o projeto Jogo da Gestante foi um dos destaques do Torneio Empreendedor 2019, realizado pelo Laboratório Interdisciplinar de Empreendedorismo e Inovação da PUCRS (Idear). Durante o Torneio, os participantes foram estimulados a desenvolver projetos de impacto social, recebendo o acompanhamento de mentores parceiros do Idear. O Jogo busca ampliar o vínculo entre os profissionais da saúde e as gestantes, favorecendo a adesão ao pré-natal.

“Procuramos desenvolver uma solução para que as perguntas clínicas realizadas durante as consultas sejam feitas de forma mais lúdica. Conforme as respostas da paciente, ela constrói seu ‘avatar’, o que também favorece o autoconhecimento”, destaca Débora dos Santos, estudante do 8º semestre de Enfermagem na Escola de Ciências da Saúde e da Vida da PUCRS. Além dela, integram a equipe responsável pelo projeto os estudantes Antônio Glaeser, da Escola de Comunicação, Artes e Design – Famecos, Franciele Bremm, da Escola de Medicina, e Rafaela Pasa, do curso de Psicologia. O time ainda conta com Débora Cardoso, técnica em administração, e Raquel Custódio, formada em Administração Pública.

Entre as motivações do grupo para a criação do Jogo estão os números ligados à gravidez. Dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que diariamente cerca de 830 mulheres morrem no mundo por causas evitáveis relacionadas à gestação e ao parto. A OMS também estima que, anualmente, aproximadamente 30 milhões de bebês nascem prematuros, com baixo peso ou adoecem nos primeiros dias de vida. No Brasil, os dados mais recentes revelam que quase um terço das gestantes (32,2%) não tiveram a quantidade mínima de consultas pré-natais recomendadas pelo Ministério da Saúde.

Proximidade, prevenção e personalização

Temas como ambiente familiar e social, histórico de doenças na família, quantidade de gestações, locais em que há dor e a intensidade das dores são questões importantes através das quais a paciente acaba revelando situações que podem gerar complicações na gravidez. Débora dos Santos destaca que com o Jogo o profissional da saúde pode identificar isso junto com a gestante. “Se ela monta seu avatar com sapato alto, por exemplo, o profissional pode orientar o uso de calçados mais confortáveis naquele momento, para evitar complicações na circulação e dores lombares. É uma forma de gerar proximidade entre a paciente e o médico, e são detalhes que as vezes passam despercebidos nas consultas tradicionais”, afirma.

Na primeira versão do projeto, o jogo consiste em um tabuleiro no qual a gestante personaliza seu avatar com peças que utilizam materiais sustentáveis. Autodeclaração de raça, humor, cabelo, tamanho dos seios e da barriga estão entre os nove itens que podem ser customizados. “Futuramente, com investimentos, a ideia é levar o jogo para uma plataforma, que será disponibilizada pelo profissional da saúde”, ressalta Débora. Ela também aponta que a participação da equipe no Torneio Empreendedor foi fundamental para expandir a ideia. “As orientações e sugestões dos mentores acrescentaram muito no desenvolvimento do projeto, principalmente sobre como pôr em prática o que havíamos pensado, realizando a gestão naquele momento e projetando as possibilidades futuras”, conta.