Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Instalação do Pacto Alegre marca aniversário da cidade

UFRGS, PUCRS e Unisinos, em conjunto com a Prefeitura Municipal, celebram a união de forças pela inovação

26/03/2019 - 17h31
2019_03_26_mesa_pacto_alegre3(Gustavo Diehl_UFRGS)

Na Associação Comercial de Porto Alegre, os três reitores da Aliança para Inovação presentes no evento do Pacto Alegre / Foto: Gustavo Diehl / UFRGS

Porto Alegre, que neste 26 de março completa 247 anos, celebra a data apostando num futuro inovador, com espaços urbanos e serviços qualificados e vitalidade cultural e econômica. Comprometidos com esta visão, 77 representantes de entidades de diversos setores assinaram a Carta de Adesão à Mesa do Pacto Alegre, em evento realizado na Associação Comercial de Porto Alegre na manhã desta terça-feira. O documento sela o compromisso coletivo para transformar Porto Alegre em referência como ecossistema global de inovação. A iniciativa teve início em 2018 com a Aliança para a Inovação, formada pelas universidades UFRGS, PUCRS e Unisinos.

Com o engajamento da Prefeitura Municipal, a Aliança fomentou a articulação de atores de diversos segmentos em prol da construção cooperativa de um ambiente inovador em Porto Alegre. O coordenador do Pacto Alegre, diretor da Escola de Engenharia da UFRGS, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, destacou que a mobilização iniciada em 2018 busca romper com a narrativa do isolamento e substituí-la pelo fazer coletivo. Saudando a instalação da Mesa, o coordenador fez questão de salientar que fazer parte deste grupo não é um privilégio, e sim uma responsabilidade e convocou todos os participantes ao trabalho, para que juntos possam construir uma agenda para Porto Alegre com visão de longo prazo, mas com pragmatismo e ações concretas.

Os reitores das três universidades parceiras manifestaram entusiasmo com os desdobramentos da Aliança. O reitor da Unisinos padre Marcelo Fernandes de Aquino ressaltou o aspecto humanista do trabalho que vem sendo realizado, em que as pessoas são os principais agentes. Segundo ele, não pode haver pacto sem pessoas e sem laços entre as pessoas. Aquino destacou que “a Universidade está cumprindo com a sua nobre tarefa ao articular a dimensão técnico-científica com a dimensão humanista”. “Este é um tremendo presente que podemos dar a Porto Alegre”, completou o reitor da Unisinos.

O reitor da PUCRS, Ir. Evilázio Teixeira, comemorou a vitória frente ao primeiro desafio da Aliança para a Inovação, que foi a “compreensão de que podemos atuar juntos”. O segundo desafio, conforme destaca o reitor, “é agora assumir o compromisso de realizar ações concretas para construir o ecossistema de inovação em Porto Alegre”. Teixeira afirmou ainda que é preciso honrar o compromisso de “inovar e fazer de Porto Alegre uma cidade mais justa, mais fraterna, menos violenta e mais alegre para se viver mais e melhor”.

“Vamos atender à missão do Pacto, que é, através da inovação, transformar Porto Alegre”, disse o reitor da UFRGS, Rui Vicente Oppermann, destacando que esse é o grande presente que se pode dar para o futuro da cidade. Oppermann saudou a integração e cumprimentou todos os envolvidos pelo excelente mapeamento do ecossistema de inovação de Porto Alegre. O trabalho de mapeamento resultou em um documento de mais de 50 páginas que sintetiza o estudo de dados estatísticos e os debates de vários workshops realizados com 135 participantes para dar início às próximas ações do Pacto Alegre. Conforme o reitor da UFRGS, a partir deste diagnóstico é possível desenvolver os projetos e ações estratégicas.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior manifestou sua expectativa em relação ao Pacto Alegre: “nós precisamos de todos vocês, não há como transformar a cidade sem vocês. Queremos que funcione, esse Pacto é por Porto Alegre”.

 

2019_03_26_mesa_pacto_alegre1(Gustavo Diehl_UFRGS)

Reitores e Prefeito assinam Carta de Adesão à Mesa do Pacto Alegre / Foto: Gustavo Diehl / UFRGS

Desafios

Após a cerimônia de constituição da Mesa do Pacto Alegre, foi realizada a primeira reunião de trabalho do grupo, conduzida pelo coordenador do Pacto Luiz Carlos Pinto da Silva Filho e pelo consultor Josep Piqué, que atua como mentor e facilitador do Pacto Alegre, contribuindo com sua experiência na transformação de cidades como Barcelona e Medellín. Piquè explicou a forma de trabalho do Pacto, começando pela apresentação dos valores que nortearão as atividades: Interesse de todos; Compromisso; Cooperação; Inclusão; Transparência; Criatividade; Empreendedorismo. O consultou focou-se no detalhamento dos desafios que foram identificados como necessidades de enfrentamento pelos integrantes do Pacto.

Foram listados inicialmente seis macrodesafios aos quais estarão vinculados projetos e ações: 1 Talentos – gerar, manter e atrair talentos; 2 Transformação Urbana – desenvolver ambientes inteligentes e criativos para viver e trabalhar; 3 Ambiente de Negócios – gerar um ecossistema inovador de classe mundial; 4 Imagem da Cidade Inovadora – promover a imagem de uma cidade inovadora; 5 Qualidade de Vida – melhorar o bem-estar das pessoas em saúde, segurança, cultura e meio ambiente; 6 Modernização da Administração Pública – qualificar e facilitar o acesso aos serviços para a população e para as empresas.

As entidades foram convidadas a indicar com quais macrodesafios se identificam e querem atuar. Conforme Piquè, os pactuantes devem conectar-se com os desafios e indicar as pessoas que comporão os grupos de trabalho responsáveis por elaborar os projetos e definir as ações visando aos objetivos do Pacto Alegre. A próxima reunião da Mesa do Pacto Alegre ocorrerá em 31 de maio.