Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Covid-19: Hospital São Lucas e Tecnopuc apoiarão o desenvolvimento de testes

Iniciativa é uma força tarefa do ecossistema de inovação da PUCRS com apoio da Fapergs

24/06/2020 - 15h41
Testes para covid-19, coronavírus, quatro g

Interior da Quatro G, instalada no Tecnopuc / Foto: Divulgação

O Hospital São Lucas da PUCRS (HSL) firmou uma parceria com o Centro de Pesquisas em Biologia Molecular e Funcional (CPBMF) da Escola de Ciências da Saúde e da Vida e a empresa Quatro G, ambos instalados no Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), para o desenvolvimento de testes de diagnóstico para à Covid-19.

O Secretário de Inovação, Ciência Tecnologia do Rio Grande do Sul, Luis Lamb, ressalta que este movimento mostra um exemplo de articulação em modelo de parceria, na linha da quádrupla hélice, com impacto social a partir de união entre universidade, governo, empresas e o consequente impacto social. “É um projeto de grande impacto, com resultados muito significativos para o nosso estado”, diz Lamb.

De acordo com Saulo Bornhorst, Diretor Técnico do HSL, a parceria terá um papel fundamental, evidenciando a importância da interação entre pesquisa e assistência nesse momento de pandemia. A responsável técnica pelo Laboratório Clínico do Hospital São Lucas, Terezinha Paz Munhoz, afirma que a união de esforços tem sido determinante no enfrentamento à Covid-19. “Esta parceria integra pesquisa e tecnologia com o diagnóstico, demonstrando a importância de estarmos inseridos num ambiente universitário. O Laboratório Clínico do HSL, o CPBMF e a Quatro G, juntos, potencializam a capacidade de diagnóstico e monitoramento da doença, trazendo maior agilidade no atendimento aos pacientes e colaboradores do HSL”, ressalta Terezinha.

Em uma primeira etapa, serão três mil exames disponibilizados em 60 dias, financiados com recursos humanos e financeiros da Quatro G e recursos públicos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs) oriundos do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Tuberculose (INCT-TB)No total, serão 15 mil exames, no padrão RT-PCR de tempo real, em três etapas consecutivas, envolvendo a parceria com o Laboratório Central do Estado (Lacen/RS) e o Hospital São Lucas, incluindo potencial para uma pesquisa epidemiológica com 5 mil testes.

Jorge Audy, Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, destaca o apoio do Governo do Estado ao Tecnopuc a aos demais ecossistemas de inovação no RS. “Além desta ação com o CPBMF e com a empresa Quatro G, estamos também com outros dois editais aprovados, que são específicos para os ambientes de inovação do INOVARS na região metropolitana. As iniciativas também estão relacionadas à Covid-19: um deles na área de projeto e produção de respiradores e outro para pessoal, envolvendo bolsistas para a gestão do ecossistema metropolitano”, explica. No caso específico da parceria entre CPBMF, Quatro G e HSL, Audy comenta que a união é fruto de um esforço positivo. “Nossa maior preocupação foi viabilizar a execução dos exames em parceria com o HSL, bem como com o próprio Lacen/RS, que credenciou e liberou a realização dos exames”, destaca o Superintendente.

Testes para covid-19, coronavírus, Centro de Pesquisas em Biologia Molecular e Funcional (CPBMF)

Pesquisador no interior do laboratório com certificação de biossegurança nível 3 (NB3) / Foto: Divulgação

Os pesquisadores seniores do CPBMF Luiz Basso, Pablo Machado e Cristiano Bizarro destacam que a aproximação com o HSL e com a PUCRS sempre foi o objetivo do CPBMF e da Quatro G. “Nossos contatos iniciais com o Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Audy, buscavam tal aproximação para que pudéssemos colaborar com o Hospital São Lucas na realização de ensaios para a detecção do SARS-CoV-2, o agente etiológico da Covid-19, utilizando a técnica de reação da transcriptase reversa, seguida de reação em cadeia da polimerase (RT-PCR) monitorada em tempo real”.

A infraestrutura e pessoal qualificado do CPBMF, com a única NB3 funcional do estado do RS, permite que o laboratório possa produzir o RNA viral em células eucarióticas para ser utilizado como controle positivo da RT-PCR com total segurança dos colaboradores envolvidos, como foi explicado nesta matéria. A colaboração entre o CPBMF e o HSL poderá dobrar o número de exames diários utilizando o protocolo desenvolvido pelo CDC americano e adaptado pelos pesquisadores com o uso de insumos produzidos por empresas brasileiras, como a Quatro G.

Rafael Prikladnicki, Diretor do Tecnopuc, destaca que diversas startups do Parque estão desenvolvendo ações de combate a Covid-19 desde o início da pandemia. “Com a Quatro G neste contexto do projeto do CPBMF e HSL, temos mais um belo exemplo de inovação com impacto direto na sociedade por parte das startups instaladas no Tecnopuc”, comenta. 

Habilitação do CPBMF pelo Lacen/RS

Os laboratórios que pretendem executar a técnica de RT-PCR devem validar seus testes junto a um laboratório de referência. No estado do Rio Grande do Sul, o Lacen/RS confere a habilitação. Para receber a validação foram enviadas duas amostras clínicas que testaram positivo para a presença do SARS-CoV-2 no CPBMF para contraprova no Lacen. O Laboratório Central do Estado confirmou os resultados, habilitando o CPBMF para realização dos exames. O CPBMF foi subsequentemente inserido na página da secretaria da saúde junto aos demais laboratórios habilitados para realização das análises.

Apoio da Fapergs

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do RS, Odir Dellagostin, salienta que a Fapergs apoiou o CPBMF através da alocação de recursos, originalmente concedidos ao INCT-TB. O financiamento possibilitou adequações na infraestrutura e custeio para ações de pesquisa direcionadas ao enfrentamento da pandemia de Covid-19, nos melhores padrões interacionais para exames da doença. O laboratório padrão NB-3 do CPBMF, localizado no Tecnopucé o mais qualificado em termos de infraestrutura hoje no Estado. 

“Temos orgulho dos nossos pesquisadores que estão engajados em ações concretas que estão ajudando a salvar vidas. As parcerias estabelecidas entre CPBMF, Quatro G, Tecnopuc e Hospital São Lucas estão fazendo exatamente isso: salvando vidas!”, frisa o presidente da Fapergs.