Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Cursos,Especialização,Extensão,MBA,Idiomas,Educação,Vestibular,Pós-Graduação,Educação

Cursos

Graduação

Pós-Graduação

MBA

Vestibular

Amor ao trabalho está na base da missão marista

Valor marista destaca vitalidade e dedicação para formar bons cidadãos

03/06/2019 - 16h46

Arte com o tema Amor ao Trabalho, um dos valores maristasAo longo da semana dedicada a São Marcelino Champagnat, celebrada entre 3 e 7 de junho, duas ações integram a programação em homenagem ao legado do criador do Instituto Marista, há 200 anos. A primeira, com o tema Sinal de Luz, convida a todos alunos, professores e técnicos administrativos a responderem à pergunta Quem é luz na sua vida?, por meio deste link. Todas as homenagens serão disponibilizadas, a partir de 6 de junho, no site diadechampagnat.com.br. A outra ação, é uma série de matérias especiais abordando os valores maristas e como eles estão presentes no cotidiano da PUCRS, do Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc), do Hospital São Lucas e do Instituto do Cérebro do RS.

O Amor ao Trabalho é primeiro valor abordado. De acordo com a definição, amar o que se faz envolve vitalidade e dedicação de quem serve porque ama e se identifica com os princípios, com as causas e com a iden​​tidade institucional. O trabalho é compreendido na perspectiva do serviço e como meio de contribuir para a concretização e perpetuidade da missão marista, que contempla a formação de bons cidadãos por meio da educação e da ação social. Alguns personagens contribuem, no seu exercício profissional, para dar vida a esses conceitos.

Dedicação para tornar o conhecimento acessível

Um dos mentores do Parque Científico e Tecnológico (Tecnopuc), Jorge Audy, segue um lema que vale como uma missão pessoal: tornar o conhecimento acessível à sociedade, dando significado às palavras inovação e desenvolvimento. Formado desde a infância em instituições maristas, baliza sua vida pessoal e profissional pelos referenciais que absorveu. “Aprendi com os Irmãos desde cedo a importância da educação e de uma formação por valores que transformam a vida das pessoas, como a espiritualidade, a presença, a simplicidade e o amor pelo trabalho e pela vida. E o respeito ao passado e a audácia para construir o futuro”.

Paixão pela natureza

Há mais de 30 anos na PUCRS, Betina Blochtein tem uma trajetória reconhecida na docência, na pesquisa e na gestão. Professora da Escola de Ciências, é uma das bolsistas de produtividade do CNPq na Universidade em razão da liderança na área, formação de pessoas, reconhecimento no país e no exterior e volume de produção. A paixão pela natureza se traduz em seus estudos sobre abelhas sem ferrão, com aprendizados compartilhados com seus alunos.

Compaixão e afeto

Marta Machado, médica e professora da Escola de Medicina, tem trajetória de compaixão, afeto e dedicação ligada à PUCRS e ao Hospital São Lucas. Diariamente, traz sua experiência internacional em gastroenterologista e endoscopista para contribuir no ensino de futuros profissionais. “Sempre me encantou o Serviço de Gastroenterologia da PUCRS, a correlação emoção e aparelho digestivo. Lidar com uma doença mais grave requer compaixão, dedicação e afeto. Sem isso, não sei fazer a Medicina. O nome disso é ser médico, independentemente da área, dedicar-se com carinho e atenção”, afirma.

Leveza e amor

Se alguém chamá-la pelo nome completo, Gerlaine Furtado dos Anjos, possivelmente não atenda. Mas se ouvir o apelido Gê, com certeza irá retribuir com um sorriso a quem entra no prédio da Reitoria, onde trabalha na higienização. “Sou uma pessoa alegre, que adora estar com as pessoas de que gosto. Sou muito trabalhadora, dedicada em tudo o que faço e feliz com a vida. Levo as coisas com muita leveza e amor. Gosto de ter pessoas ao redor de mim, com quem eu possa sempre contar e retribuir toda atenção e amor que eu recebo”, relata Gê, em sua autoapresentação.

Influenciadores de gerações

Após sair da PUCRS, muitos alumni ganham o mercado compartilhando seu saber e mobilizando pessoas em torno do ato de aprender. Este é o caso Carina Fragozo, que influencia mais de 1 milhão de seguidores em seu canal English in Brazil, no You Tube. Com graduação e mestrado em Letras pela PUCRS, ela acredita no aprendizado democratizado. “Uma das minhas conquistas foi fazer a ligação entre o conhecimento acadêmico e o público em geral”, destaca. Já o diplomado em Ciência da Computação Maurício Benvenutti, que atualmente vive no Vale do Silício, no Estado da Califórnia (EUA), é um entusiasta da cultura empreendedora. Autor dos livros Incansáveis e Audaz, ele engaja pessoas por meio de suas vivências e interações, as quais compartilha em seu perfil Instagram. “Essa é a essência do profissional de hoje: saber mesclar oportunidades com a vida flexível e equilibrada” recomenda.

Esses perfis mostram o quanto a vitalidade, a dedicação e a paixão pelo trabalho são importantes para levar adiante sonhos e projetos de vida e, sobretudo, contribuir na formação de bons cidadãos. Na segunda matéria da série, a abordagem será sobre Audácia, que integra empreendedorismo, coragem e responsabilidade.

Valores Maristas

Acompanhe o cronograma das publicações e leia todas as matérias neste link.

SEGUNDA-FEIRA – 3 DE JUNHO
Amor ao Trabalho 

TERÇA-FEIRA – 4 DE JUNHO
Audácia
Espírito de Família

QUARTA-FEIRA – 5 DE JUNHO
Espiritualidade

QUINTA-FEIRA – 6 DE JUNHO (Dia de São Marcelino Champagnat)
Presença

SEXTA-FEIRA – 7 DE JUNHO
Simplicidade ​
Solidariedade

Sinal de Luz

A proposta da ação motivada pela pergunta Quem é luz na sua vida? é estimular que a comunidade acadêmica homenageie as pessoas que são importantes na sua trajetória e que, assim como Champagnat, são sinais de luz. A questão pode ser respondida aqui.